domingo, 23 de janeiro de 2011

Lutador .

Grande Lutador ,


 .. Venho para lhe dizer, que és um HERÓI. E tal heroísmo te deixa assim, tão forte, tão guerreiro, tão lutador. Olhando para esses lindos olhos, sei que passa por momentos dolorosos, porém são os mesmos olhos que brilham ao olhar para mim. Saiba você, que tú tens um amigo, que te guia , te ilumina sempre. Amigo este, que não está ao alcance de nossos olhos, porém - está sempre próximo de nosso coração. Me admira te olhar, ver que independente das situações que a vida nos colocam, existem pessoas assim como você: únicas. Nunca deixe de sorrir, pois teu sorriso pode mudar o dia inteiro de uma pessoa, como muda o meu. Saber que você neste momento, está prestando atenção em cada palavra que está sendo passada por esse televisor, me dá motivação de repetir novamente: és um HERÓI. A dor quando é compartilhada, é metade da tristeza. Porém a felicidade, é o dobro de alegria. Então fique sabendo, que sempre terá alguem para compartilhar a alegria que existe dentro de você, e não deixe nunca que essa luz se apague, não deixe que nada acabe com seu brilho. Não se esqueça que a vida tem valor, e maior ainda é o valor que você tem diante da vida. Digo e repito quantas vezes for preciso: és um HERÓI. Um grande herói.


 [ Essa postagem, é uma pequena mensagem para o Instituto Mario Pena! Onde tem pacientes com Câncer. Mensagem enviadas, são mostradas por um televisor , para todos eles. Envie a sua também.http://www.doepalavras.com.br/ ]

Pauta para o bloínquês.

sábado, 22 de janeiro de 2011

Esta, não tem graça.

Leiam, vale a pena. COMOVENTE! :*
Esse texto NÃO É MEU, e sim, mais um dos lindos textos de Pedro Bial. Não gosto muito de falar sobre morte, nem nada relacionado. Porém esse texto falou a verdade, com tanta simplicidade. Que resolvi postá-lo aqui.

A morte, por si só, é uma piada pronta.   Morrer é ridículo.  Você combinou de jantar com a namorada, está em pleno tratamento dentário, tem planos pra semana que vem, precisa autenticar um documento em cartório, colocar gasolina no carro e no meio da tarde morre. Como assim? E os e-mails que você ainda não abriu, o livro que ficou pela metade, o telefonema que você prometeu dar à tardinha para um cliente?   Não sei de onde tiraram esta idéia: MORRER!!!  A troco? Você passou mais de 10 anos da sua vida dentro de um colégio estudando fórmulas químicas que não serviriam pra nada, mas se manteve  lá, fez as provas, foi em frente. Praticou muita educação física, quase perdeu o fôlego, mas não desistiu. Passou madrugadas sem dormir para estudar pro vestibular mesmo sem ter certeza do que gostaria de fazer  da vida, cheio de dúvidas quanto à profissão escolhida, mas era hora de decidir, então decidiu, e mais uma vez foi em frente...   De uma hora pra outra, tudo isso termina numa colisão na freeway,  numa artéria entupida, num disparo feito por um delinqüente que gostou do seu tênis. Qual é? Morrer é um clichê. Obriga você a sair no melhor da festa sem se despedir de ninguém, sem ter dançado com a garota mais linda, sem ter tido tempo de ouvir outra vez sua música preferida. Você deixou em casa suas camisas penduradas nos cabides, sua toalha úmida no varal, e penduradas também algumas contas. Os outros vão ser obrigados a arrumar suas tralhas, a mexer nas suas gavetas, a apagar as pistas que você deixou durante uma vida inteira. Logo você, que sempre dizia: das minhas coisas cuido eu. Que pegadinha macabra: você sai sem tomar café e talvez não almoce, caminha por uma rua e talvez não chegue na próxima esquina, começa a falar e talvez não conclua o que pretende dizer. Não faz exames médicos, fuma dois maços por dia, bebe de tudo, curte  costelas gordas e mulheres magras e morre num sábado de manhã. Isso é para ser levado a sério? Tendo mais de cem anos de idade, vá lá, o sono eterno pode ser bem-vindo. Já não há mesmo muito a fazer, o corpo não acompanha a mente, e a mente também já rateia, sem falar que há quase nada guardado nas gavetas. Ok, hora de descansar em paz. Mas antes de viver tudo? Morrer cedo é uma transgressão, desfaz a ordem natural das coisas. Morrer é um exagero. E, como se sabe, o exagero é a matéria-prima das piadas. Só que esta não tem graça.

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Não se vá, não me abandone por favor.

                " Talvez esteja na hora de nossas vidas se separarem.
Percebi que tudo aconteceu na hora errada, como você disse.
Acho que consigo garantir um pouco da tua paz,
já comprei minha passagem para Lisboa, irei partir amanhã bem cedo.
Fique bem, e apesar de tudo: Obrigado por tudo que fez por mim.
Zé.


  Foi o que escutei ao chegar em casa, apertando o botão que dava inicio a secretária eletrônica. Naquele momento, senti como se meu chão houvesse desaparecido feito mágica. Como há tempos não sentia, meu coração parou por alguns minutos, faltou-me a respiração. Precisava sentar. Isso não podia ser verdade, calma .. era só um sonho. Fechei meus olhos por alguns segundos, porém ao abrí-los, percebi que nada ali era um sonho. Não iria ficar parada, sabendo que a razão de tudo estava prestes a partir, para bem longe. Já se passavam das 5 da manhã, eu teria pouco tempo. Peguei a chave do carro, e parti. Destino? aeroporto. Ao chegar, só pensava em encontrar o meu Zé em qualquer lugar que fosse, então imediatamente saí procurando, por todos os lados. Foi quando o avistei, sentado na sala de espera, com um jornal na mão. Entrei em desparada, e sem me preoucupar ao minímo com quem estava ao lado, começei a dizer: Esqueça tudo isso, passagem, viagem, Lisboa, brigas. Vem, fica comigo. Não me deixe, não se vá para tão longe de mim. Nada aqui está acontecendo tarde demais meu amor, eu te amo e preciso de você ao meu lado. Esqueça todas aquelas palavras que lhe disse de "cabeça quente", peço perdão por tudo que lhe causei. Sei que não sou tão merecedora de tua desculpa, mas me dê essa chance. Tudo será diferente daqui em diante, eu só não posso te perder meu Zé.  Imagine tudo o que nós poderiamos fazer. Começariamos a faculdade que nós dos sonhamos, JUNTOS. Prometo que não demoraria mais a me arrumar, nem me importaria com teus horários dedicados ao futebol. Não vamos jogar tudo isso fora.Por mim, por você e pelo nosso amor.
Logo lágrimas despencaram do meu rosto, eu não sabia muito o que fazer naquele momento. Mas não demorou muito, e eu senti o calor de sua mão me segurando. Ao olhar para Zé, vi que uma lágrima caia de seus olhos e já escorriam pelo teu rosto. Então ele sorriu, aquele sorriso que eu não faria de tudo para não perder. E depois? não precisava de palavra alguma. Os nossos destinos estavam traçados, e seriamos felizes. Para sempre, sempre e sempre. Até que a morte nos separassem.

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Órgão dos órgãos.

Dear Heart. ( Querido coração.)




        Sei que sou culpado por muitos machucados que hoje em você estão marcados, machucados estes que não se cicatrizarão mais. Sempre tão solidário, tomando as minhas dores todas pra você, sentindo o peso do saudade, o peso da falta. Eu queria Sr. coração, que o senhor me ensinasse a ser forte como você. Pois tenho a mente fraca, sou um amor não muito resistente. Seu sofrer é rotina porém, você esta sempre ali ... batendo, batendo e batendo. Desculpa pela emoção. Sempre estou disposto a correr grandes riscos com você meu mestre, não me torne uma amor frio. Continarei lhe dando sentimentos, pernas bambas, borboletas no estomago e querendo sentir você desparado, dando o sinal de que eu estou por perto. Continue assim, se quebrando e se remodelando, isso me dá força. Prometo que de tudo farei para não te fazer sofrer, se machucar. Coração, não deixe com que eu me dê fácil demais pois isso não será muito bom tanto pra mim quanto pra você. Faça com que eu ame na hora certa, e assim - os machucados diminuirão. Você é meu braço direito, o que eu sinto você sente: as decepções, as alegrias, as tristezas, os arrependimentos. Obrigado por estar sempre comigo. Continue sempre um coração adorável, meigo. Para que assim, o premio do meu sentimento, seja com que queiram morar eternamente dentro de você. E continuaremos juntos, eu e você. Amor & coração. Pelo amor, ou pela dor.

sábado, 15 de janeiro de 2011

O melhor caminho, era nosso.

               .. Há sua presença me fazia bem, independente do momento, independente do tempo, da situação. Era ele chegar perto de mim, e o que antes parecia tempestade , inexplicadamente virava um céu azul! Lá estavamos nós, dentro de seu carro. Sem nem saber exatamente pra onde iriamos, porém estavamos juntos - era isso o que importava. O amor, nos completava de uma forma tão linda e tão magica, que eu não perderia o meu tempo tentando explicar o que rolava entre nós, entre nosso sentimento. Juntos naquele carro, eu não precisava de mais nada. Então ele parou o carro, foi virando de mansinho e me disse olhando nos meus olhos.
- Eu te amo.
Respondi radiante de alegria.
- Eu também te amo, muito.
- Pronta para ir comigo para qualquer lugar?
- Prontíssima.
Estava um lindo dia, não estava muito sol, não estava chovendo. Uma forte brisa batia, fazendo que meus cabelos loiros voassem sobre o banco. E fazendo com que o rosto dele ficasse ainda mais lindo. Então seguimos nossa viagem rumo a algum lugar. Ele não disse onde iriamos, mas sem ao menos perguntar eu já sabia qual seria o destino. Pegariamos a estrada a caminho da FELICIDADE. Não importa a estrada que fosse, o tempo que demorariamos a chegar. Encontrariamos a felicidade, e lá ficariamos ... pela vida toda. Felizes para sempre. ♥

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Que assim seja.

          Desde o primeiro dia em que o conheci. Eu tomei a decisão de que te amaria durante todos os dias de minha vida. E assim cumpri. Bom, pelo menos até hoje estou indo no caminho certo da promessa. Mesmo que com o passar do tempo o contato foi se tornando mais difícil, te ver então, estava se tornando impossível ... o destino tava começando a pesar em minhas costas, e a vida estava dia após dia, te levando para longe de mim. Mas eu não desistiria, aliás .. quem desiste de um grande amor? era eu sentir que você estava longe, e eu me aconchegava perto. Não importava o grau de afinidade, estar ao seu lado me bastava - seja como um amor, uma amiga, uma colega, uma irmã. Sua presença me pegava de tal jeito, que era ficar ao teu lado, e tudo ao meu redor era esquecido. Independente do que aconteça daqui pra frente, do destino que para nós esteja traçado - eu te levarei comigo. Por todos os dias de minha vida, por todas as horas passadas ao teu lado. E caso .. o contato se perca, a amizade se desfaça - o amor permanecerá. E lá na frente, após anos e anos terem passado, a gente se encontrará.  Eu vou olhar nos teus olhos, e direi:  Eu tomava todas as preucações para que nossos caminhos se cruzassem o mínimo possível.  Não terei feito á toa. Então pegarei tua mão bem forte, agradeçerei aos anjos, e sairemos distribuindo sorrisos por todos os cantos que juntos passaremos. Que assim seja.

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

veio você em minha mente.

 Talvez ali estivesse tudo o que eu precisava. Um lugar, de frente ao mar, com meio por do sol - e meio sintomas de muita chuva que daquele cel estava prestes a cair. Talvez eu pensasse que ali, estivesse livre de tudo que me lembrasse você, de tudo que viesse você em minha mente, talvez estivesse livre de qualquer pensamento que te envouvesse. As velas no chão me iluminavam, e aqueciam meu coração. Porém, de um lado. O outro lado ainda precisava do teu abraço, coisa que nem sol, nem vela nenhuma iria conseguir esquentar. Então, já veio você em minha mente. Ao sentar naquela cama, senti um conforto que há tempos precisava - mas .. ao olhar pro lado, percebi que ali sobrava um grande espaço. Espaço esse talvez, que deveria ser preenchido por você - ao prestar ainda mais atenção, percebi que ali havia mais um travesseiro. Pois é, realmente - não era para mim estar lá sozinha, e então novamente ... veio você em minha mente. Percebi que ali não seria o melhor lugar para me ver longe de você. Pelo contrário, só tinha você na minha cabeça. Me deitei, ouvindo o barulho das ondas. Logo uma brisa forte veio, e foi apagando vela por vela de todas aquelas que no chão estavam. E num lugar tão lindo e romantico quanto aquele - sobraram só eu, a saudade, e a tristeza. E então .. veio você em minha mente.

domingo, 9 de janeiro de 2011

Ao bloínquês.

Bloínquês, professores de mente.

Venho por meio deste, agradecer por tudo. Ao projeto, aos moderadores, por cada tema. São de vocês que saem as melhores idéias, que fazem com que as melhores frases, sentimentos, idéias, palavras surgam como se fossem flores brotando. Vocês trazem a sensação de única, de mostrar a nós mesmo que somos sempre capazes de tudo, e cada vez mais. Que podemos superar a nós mesmos, que podemos aprender com nossos própios concorrentes. Aqui, não ganhar nunca foi perder. Não ganhar foi aprendizado, foi experiencia, foi texto criado, foi novas frases feitas, foi um pouco de cada conhecimento mostrado. Vocês nos dão a sensação maravilhosa de chegar ao sábado, e ver os novos temas , as novas imagens as frases. O friozinho na barriga de abrir os "Vencedores da Semana", de procurar o nosso nome, o link do blog. E quando estamos entre os escolhidos? ai não tem nada melhor .. procurar o selo, salvá-lo e ir direto para o blog, colocá-lo. Fazendo com que isso, seja um troféu, uma forma de mostrar que eu superei a mim mesma. E quando não estamos? fica somente a ansiedade, de que as novas edições possamos ser vencedores. Só quem participa sabe a sensação, quem não participa - lamento, perdem algo muito essencial e importante. Bloínquês também é uma troca de aprendizado, não só nós aprendemos com vocês - vocês também aprendem conosco, a atenção a cada texto lido, sejam eles bons ou ruins, grandes ou pequenos, a avaliação que muita das vezes não é nada fácil. Então obrigado por tudo, e que esse seja o primeiro de muitos anos de sucesso pra vocês. Estarei sempre por aqui, para quando precisarem. Continuem assim, professores de mentes, incentivadores de textos, de palavras, de sentimentos .. ÚNICOS. ♥ ! O Pelo amor ou pela dor, sempre agradecerá a todos vocês, desde membros até o criador. Valeu por vocês existirem.

       " Eu rezo e peço pra deus cuidar.
O sucesso do bloínques sempre abençoar.
Vou correr por vocês até o fim. ♥ "

para sempre, comigo.



Pauta para o bloínquês.

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Ter, perder - coisas da vida.

É tão bom você ter alguem, você poder tê-la ao teu lado nos piores momentos, dormir e acordar com aquele sorriso no rosto. Maravilha boa , coisa boa. Todos acham que POSSUIR uma pessoa é bom, engano. TER é bom , deixa-lá livre é bom - você consegue realmente perceber, aonde ela deseja estar, se é ao teu lado, se é no mundo - se é te abraçando, se é bem longe de ti. POSSUIR não é para os fortes, muito menos pra quem ama. Quem sabe o que é ter e perder alguém? Poucos , realmente muito poucos. Muitos enchem a boca pra falar: FULANO É MEU , CICLANO É MEU! Mas, será que ele já parou pra pensar se realmente aquela pessoa é dele? talvez, não. Ele não sabe o que é ter alguém. Porém quando se trata de perder, o assunto fica muito mais delicado, pior do que a dor de não ter um alguém, é a de saber que PERDEU. È ver lugares onde juntos passaram, é ouvir musica que juntos escutaram, isso sim é dor ... quando bate a dor no coração, vem a dor mais forte de todas as outras que podem existir nesse mundo. Aí junto com a tristeza, o ar de " PERDA " , vem a saudade. È olhar pro lado e perguntar: cadê? , é olhar o telefone procurando as últimas chamadas, e não encontrar. È dormir esperando ao menos uma mensagem de boa noite, e não receber. Quem sabe o que é ter e perder alguém? SOMENTE QUEM TEM, SOMENTE QUEM PERDE. Impossível você tentar imaginar o sentimento de perder quem ama, de ter quem ama. - Talvez, algo que você não queira passar , porém .. coisa da vida, precisa passar para saber como é, precisa sentir .. é amor , é tristeza, é saudade, é angústia, é insônia , é a VIDA !

Você pode!


"Você pode ir embora e nunca mais ser a mesma. Você pode voltar e nada ser como antes. Você pode até ficar, pra que nada mude, mas aí é você que não vai se conformar com isso. Você pode sofrer por perder alguém. Você pode até lembrar com carinho ou orgulho de algum momento importante na sua vida: formatura, casamento, aprovação no vestibular ou a festa mais linda que já tenha ido, mas o que vai te fazer falta mesmo, o que vai doer bem fundo, é a saudade dos momentos simples: Da sua mãe te chamando pra acordar, do cheiro que você sentia naquele abraço, da hora certinha em que ele sempre aparecia pra te ver, e como ele te olhava com aquela cara de coitado pra te derreter. De qualquer forma, não esqueça das seguintes verdades: Não faça nada que não te deixe em paz consigo mesma; Cuidado com o que anda desabafando; Conte até três (tá certo, se precisar, conte mais); Antes só do que mal acompanhado; Esperar não significa inércia, muito menos desinteresse; Renunciar não quer dizer que não ame; abrir mão não quer dizer que não queira; o tempo ensina, mas não cura."